A Serra vai aderir mais uma vez à campanha “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres”, uma mobilização mundial que ocorre em mais de 160 países. As ações locais são realizadas pela Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres (Seppom)

A programação acontece com uma gama de atividades. A mobilização começa dia 25 quando representantes da Seppom irão divulgar o selo Conta Comigo durante um encontro de posse de três Conselhos fundamentais para implementação das políticas de crescimento econômico e diminuição da desigualdade no município, junto à Sedec. O selo é concedido a empresas que empregam mulheres que sofreram violência doméstica.

Entre as atividades  dos 16 dias, haverá uma palestra, no dia 30, para debater questões relativas às mulheres lésbicas, bissexuais e transexuais (LBT). As atividades seguem até dia 10 de dezembro quando acontece um evento para chamar a atenção sobre o Dia Internacional dos Direitos Humanos.

 

Campanha

Os 16 Dias de Ativismo começaram em 1991, quando mulheres de diferentes países, reunidas pelo Centro de Liderança Global de Mulheres (CWGL), iniciaram uma campanha com o objetivo de promover o debate e denunciar as várias formas de violência contra as mulheres no mundo.

A data é uma homenagem às irmãs Pátria, Minerva e Maria Teresa, conhecidas como Las Mariposas, assassinadas em 1961 por integrarem a oposição ao regime do ditador Rafael Trujillo, na República Dominicana.


Fonte: Prefeitura da Serra

Deixe seu Comentário